Turismo regional requer esforço coletivo

Presidente do Coder, Ricardo Coube confia no trabalho conjunto dos municípios da região para impulsionar o setor

Explorar o potencial turístico da região em conjunto com vários municípios é mais importante do que investir em ações isoladas. A opinião é do presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico Regional (Coder), Ricardo Coube. Ontem, durante o lançamento oficial da logomarca do programa “Circuito Turístico Caminhos do Centro Oeste Paulista”, na sede do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em Bauru, o empresário ressaltou a necessidade da somatória de esforços para dar continuidade ao projeto.

“Precisamos entender que o turismo é uma atividade social e de desenvolvimento econômico para a região. Se trabalharmos regionalmente, teremos um efeito de força em que todo mundo ganha, ao invés dos esforços isolados que cada um fazia”, alega. Segundo Coube, a região ainda não é identificada como pólo turístico em virtude da ampla concorrência nacional.

A previsão é de que até julho de 2010 o programa tenha produtos atrativos formatados e organizados em roteiros temáticos. Atualmente, o projeto encontra-se em fase de implantação, com apoio do poder público, sociedade civil e empresários de cada um dos dez municípios participantes: Agudos, Arealva, Avaí, Bauru, Duartina, Iacanga, Lençóis Paulista, Macatuba, Pederneiras e Piratininga. “A força que isso tem (união dos municípios) é muito maior do que as ações isoladas”, afirma Coube.

Nesta etapa, as ações atendem 139 potenciais recursos com aproveitamento turístico na área urbana e rural, 45 locais de alimentação e 13 de hospedagem. Todos que aderiram ao projeto estão recebendo capacitação, consultoria, monitoramento e participando de missões técnicas.

O trabalho para desenvolvimento e implantação do projeto começou em setembro do ano passado, quando foi adotada a metodologia do Sebrae para projetos de desenvolvimento de turismo, cultura e artesanato. Os objetivos do projeto são contribuir com o desenvolvimento socioeconômico e cultural de forma sustentável e inserir a região nos mercados estadual e regional de turismo, além de consolidar roteiros e aumentar o fluxo de turistas.

Ainda na etapa de implantação, que prossegue até o ano que vem, as próximas ações prevêem a realização do 1º Fórum de Turismo, lançamento do folder institucional do programa, formatação dos roteiros turísticos e o lançamento do Catálogo de Negócios em Turismo, Cultura e Artesanato.

O Circuito Turístico Caminhos do Centro Oeste Paulista é resultado da parceria entre o Coder, Sebrae, Instituto Soma, Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) e poder público.


Logomarca

 

Três alunos do segundo ano do curso de designer gráfico da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Bauru foram os responsáveis pela elaboração da logomarca vencedora do concurso que escolheu o símbolo do programa “Circuito Turístico Caminhos do Centro Oeste Paulista”. Lucas da Silva Siqueira, Murilo Silva Tanajura e Diogo Guimarães Ladeira venceram outras cinco propostas, todas do mesmo curso, e receberam 427 votos.

Segundo Murilo, o grupo explorou a simplicidade da região ao dar um tom hospitaleiro à obra, que contempla a imagem de uma ferrovia - remetendo ao desenvolvimento e importância histórica do transporte ferroviário para a região - e a natureza. “É uma união simples e elegante”, resume. “É uma idéia bem natural. Não fizemos o logotipo de uma empresa, por exemplo, pois essa frieza não era o que queríamos” diz.

Para o gerente do escritório regional do Sebrae em Bauru, Milton Debiasi, a escolha da logomarca é o primeiro passo para inserir o projeto em níveis estadual e regional. “Estamos na fase de implantação e, em 2009, queremos aplicar o restante do processo de capacitação do público-alvo”.

31/10/2008 - Economia
Gabriel Ottoboni/Com Redação

Voltar








 


© Copyright 2009 TURISMO BAURU E REGIAO | Todos os direitos reservados.
Turismo Bauru © uma iniciativa REVELARE Agência de Internet para promover turismo em nossa região.